No movimento de respostagem e resgate de algumas produções minhas “esquecidas”, compartilho essa aquarela feita em 2020, inspirada em minhas leituras de Emily Dickinson e Thoureau (autor que também influenciou as produções de Emily).

Abaixo o trecho de Walden e o título do poema da Emily que me trouxeram essa pintura há 2 anos atrás:

“let us first be as simple and well as Nature ourselves, dispel the clouds which hang over our own brows, and take up a little life into our pores.”
Walden, de Henry D. Thoreau.

📓The Gentian weaves her fingers, de Emily Dickinson

🎨Aquarela autoral: Almost Walden Pound, 2020.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *